A esquizofrenia no teatro iguaçuense

De imediato pode soar mal dizer que um grupo teatral sê esquizofrênico, mas não. Só apresenta sintomas um pouco complicados de entender. São alucinações, alterações de pensamento, transtornos de humor e principalmente a paranoia

Há um teatro em Foz do Iguaçu “sofrendo” destes sintomas – ótimo se fosse contagioso entre os grupos teatrais, se manifestando de forma explosiva e instantânea. Seria ótimo ouvir, saborear, cheirar e sentir tudo o que a esquizofrenia teatral proporcionaria à cidade.

Falo aqui do impulso e da agressividade da Cia Experiencial Teatro do Excluído de Foz do Iguaçu, que com muita força de vontade está se destacando entre as produções teatrais mais intimistas do Brasil.

A exclusividade do teatro está em contar com apenas 10 lugares, os atores encenam em um ambiente de 35 metros quadrados entre os expectadores. A iluminação é pouca e indireta. A palavra dita a interpretação e não o contrário. Não há espetáculo, o que se vê é o trabalho do dramaturgo muito bem regido pelos atores. Algo que ninguém está acostumado, é quase um desconstruir. É uma nova respiração, um novo fôlego, uma nova leitura, uma nova roupagem.

Atualmente em cartaz com “Como se eu fosse o mundo” – do dramaturgo Paulo Zwolinski, peça já montada pelo aclamado diretor Roberto Alvim, o mesmo assina o programa da peça, induzindo o espectador a uma narrativa sombria e sólida do teatro iguaçuense – o encenador Luiz H Dias nos coloca no centro escuro de uma discussão familiar em prantos que dialoga com os sintomas do grupo teatral, a esquizofrenia.

É neste caminhar que eu acredito que a Cia Experiencial Teatro do Excluído está saindo da exclusão e se tornando referencia em produção própria e com muita personalidade em Foz do Iguaçu.

Vale a pena conferir a peça em cartaz no Teatro da Lupah, na rua Rui Barbosa, 1172, Centro. Exibida até o dia 29 de abril aos sábados às 21h.

Fotografia: Renata Baralle

Anúncios
Garon Piceli

29 anos, dramaturgo e jornalista com especialização em cinema pelo Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales de Buenos Aires. Pós ecouton em turismo pela Université Paris Sorbonne. Leia meu livro no Wattpad: https://goo.gl/wQi7Mx Contato: garonphn@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s