Navegar é preciso; viver não…

Navegar é preciso; viver não é preciso

Quero para mim o espírito [d]esta frase,
transformada a forma para a casar como eu sou:
Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.
Só quero torná-la grande,
ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo.

Este café em Foz do Iguaçu lembra a casa da Vó

Sabe aquele chá na casa da Vovó? Não tem igual, não é mesmo? Mas algo que pode ser muuuuito parecido e gostosinho é o Chá de Casa, aqui em Foz do Iguaçu.

O ambiente é uma mistura de loja de decoração com café, perfeito para um chá da tarde.

O cardápio é bem diferenciado dos outros cafés da cidade, oferecendo vários tipos de chás quentes e gelados. Tudo é servido em louças, cestinhas incríveis e retrôs super fofas. O atendimento é outro diferencial, super personalizado.


O Chá de Casa fica na Av. Felipe Wandscheer, 2616. Não encontrei o telefone, mas eles têm uma página no Facebook super atualizada. https://www.facebook.com/chadecasafoz

O pôr do sol e a Samara Abbud

Combinar as fotos com a Samara foi mais ou menos assim: “Vamos combinar?”. “Vamos!”. E na mesma semana já estávamos fotografando.

A Claudia Soria assina a make e a produção ficou por conta da Carol Soares.

Nesse post você pode ver as fotos que fizemos durante o pôr do sol, no próximo post eu faço com as fotos noturnas, que ficaram bem legais também.

Eu me surpreendi com o resultado. Está sendo bem legal ver a minha evolução nesse mundo dos retratos. Ainda estou perdido nas edições das fotos, mas me empenho bastante.

Espero que vocês gostem.

Foi super legal fazer essas fotos com a Sa e aprender um pouquinho mais com ela a respeito de poses e direção de fotografia, já que ela tem uma experiência bem bacana como modelo. A Carol também foi uma ótima produtora. Obrigado por me escolher, Sa <3

Hey, também quer fazer uma sessão de fotos assim? Me chama lá no Messenger.

Me adiciona no Facebook e me segue no Instagram. :)

San Ignacio Mini é um local especial localizado a 250 km de Foz do Iguaçu

No primeiro final de semana de 2018, fomos conhecer as ruínas de San Ignacio Mini, uma das maiores reduções jesuíticas , também chamadas de missões jesuíticas.

Sabe quando você arranja um monte de desculpa para fazer o que realmente quer? Foi assim com San Ignácio, as ruínas ficam pertinho de Foz do Iguaçu, mas sempre fui deixando para trás. Até que um amigo me propôs fazermos uma viagem e eu logo pensei “Vamos para Posadas e damos um pulinho em San Ignacio”. Foi uma surpresa e das boas!


É engraçado, pois quando se chega em San Ignacio, uma pequena cidade do interior da Argentina, parece não haver nada por ali, mas as ruínas ficam bem no meio da cidade, envolta pela mata missioneira.

Existem guias em espanhol e inglês, porém o passeio dentro das antigas reduções pode ser auto guiado. A cada passo que você dê, existem dispositivos que contam as histórias e curiosidades em vários idiomas.

As reduções foram criadas pelos jesuítas em toda a américa, com objetivo de catequizar os índios e formar uma espécie de comunidade, onde brancos e índios viviam em paz.

“O sistema missioneiro buscou introduzir o cristianismo e um modo de vida europeizado, integrando, porém, vários dos valores culturais dos próprios índios”

Para quem curte história, como eu, é um resgate incrível dos acontecimentos de aproximadamente 3 séculos atrás.

Se você está de carro, pegue a Ruta 12 e siga até encontrar a pequena cidade de San Ignacio, que fica pertinho de Foz do Iguaçu. Atenção para os equipamentos de segurança, que são solicitados pelas autoridades argentinas, assim como o seguro carta verde, que pode ser adquirido em Foz do Iguaçu. Existe também um pedágio de 20 pesos argentinos, por isso leve pesos.

Eu recomendo a locadora de veículos Igufoz, que tem ótimos preços com boas coberturas. Nunca se sabe o que pode acontecer, e além de ser obrigatório, é ótimo para se acontecer algo.

O valor da entrada no parque é de aproximadamente R$ 70, mas deve ser pago em pesos argentinos, algo em torno de P$ 300.

A entrada em San Ignacio Mini ainda dá direito a você visitar as outras reduções argentinas em um período de 7 dias. Assim que você acessa o parque, eles dispõem de mapas mostrando a localização das outras ruínas na província de Missiones.  

Em San Ignacio ficamos hospedados na pousada Brizas del Norte. Aconteceram algumas coisas com a reserva e não nos entregaram o quarto Luxo Privado Suíte, que seria uma cabana, mas no fim o quarto era bom e confortável, incluindo uma cozinha grande. O valor da diária foi de aproximadamente R$ 180 + taxas.

A pousada ainda contava com um restaurante anexo, o que facilitou as nossas refeições, e com uma piscina bem gostosa para refrescar os dias quentes missioneiros.

Se você mora em Foz do Iguaçu e região ou está marcando a suas férias na tríplice fronteira, não pode deixar de conhecer as ruínas de San Ignacio Mini. Espero que seja uma grande e boa surpresa para você assim como foi para mim.

Se apaixone por este café em Curitiba

Finalmente conheci o Café do Viajante, em Curitiba, do Robson e do Diogo. É um lugar que você vai se apaixonar antes mesmo de entrar.

Com uma decoração voltada a temática de viagens, um pouquinho do universo vivido pelos proprietários, o arquiteto conseguiu levar amor que a gente acompanha no belíssimo trabalho do Blog Um Viajante.

\

O Diogo sempre trabalhou em grandes corporações, atendendo grandes clientes, mas sempre teve o sonho de empreender e abrir um café, pois desde pequeno teve contato com a cultura do café. Até que a sociedade com o Robson veio e a temática estava ai: unir o café com a paixão por viajar.

Além do espaço maravilhoso que construíram, você pode apreciar o café com mais de 5 tipos de preparo: chemex, french press, syphon, hario v60, aeropress… e muitos outros.

Eles mantém uma ótima parceria com o Moka Clube, que fornece os melhores cafés do país, com grãos selecionados (praticamente) a dedo.

O Café do Viajante fica na Rua Comendador Fontana, 229 – no Centro Cívico, em Curitiba. O horário de atendimento é de terça a sexta, das 12h às 20 e sábados e domingos das 14h às 20h.

Você precisa se hospedar nesse hotel em Curitiba

Em Curitiba para o evento #Curitiblogando, me hospedei no novíssimo Ibis Style Centro Cívico. Além de uma ótima localizacão, o hotel é todo estiloso e tem uma pegada conceitual super bacana e divertida.

O tema do hotel é “Parques de Curitiba”, assim, cada andar recebe um tema, o meu andar era o Parque Tingui, então no meu quarto havia uma simpática Capivara.

Confira as fotos:



Os funcionários são muito atenciosos e o hotel ainda conta com um centro de eventos, ótimo para reuniões empresariais e cursos de pequeno e médio porte.

Esqueça tudo o que você conhece sobre a rede Ibis ao decidir se hospedar no Ibis Style Centro Cívico. Os quartos e (principalmente) os banheiros são grandes e funcionais. A cama é macia e super confortável.

O café da manhã também é delicioso e tem uma boa variedade (para ser da bandeira Ibis).

Hotel Ibis Style Centro Civico – Curitiba
Acesse o site

ENDEREÇO
Rua Mateus Leme 358,
Centro Cívico,
Curitiba – PR,
80510190 CURITIBA, BRASIL

RESERVAS
Tel: (+55)41/33240469
Fax: (+55)41/33233404
E-mail: H3205-re@accor.com.br

#Curitiblogando: Eu vou!

Fui convidado para participar da 6a edição do Curitiblogando, uma rede colaborativa de blogueiros de viagem de Curitiba, que tem como objetivo promover o turismo da cidade e região.

Todos as edições eu acompanho de perto o que os amigos lá da capital realizam e fico sempre muito feliz com essa união dos blogs de viagem com um objetivo: divulgar o turismo em Curitiba.

São 4 anos de Curitiblogando e cinco edições do evento, que conta com a participação de blogueiros de viagem de várias cidades do Brasil.

Esse ano o evento acontecerá entre os dias 11 e 15 de outubro, no feriado do Dia das Crianças.

Ano passado foram 6 blogs de Curitiba e 20 blos de todo o Brasil. Foram 47 posts publicados com a participação do Melhores Destinos, maior site de viagens do Brasil.

No Instagram foram 440 fotos publicadas pelos blogs participantes. 35 mil likes dos posts feitos pelos blogs sobre o evento e no Facebook 4.423 impressões e 602 envolvimentos.

Somados, todos os blogs desta edição têm mais de 225 mil seguidores no Instagram e mais de 180 mil fãs no Facebook. Na útima edição do evento, foram mais de 35 mil likes nas postagens feitas pelos blogueiros, e cerca de 50 posts em diferentes blogs.

Os organizadores do evento de 2017 são:
Finestrino
Mochilão Trips
TipTrip
Um Viajante
Devaneios de Biela