Preto como o vinho, vermelho como a solidão

Duas pessoas

Uma maca

Uma faca

A mulher, de pé, ostenta a faca com as duas mãos a altura do peito do homem deitado na maca

Me dê uma taça de vinho ou duas, e um copo de solidão

Se me perder será para sempre

Se te matar será para sempre

Eternidade não é para sempre

Para sempre é para sempre

Termine logo com isso

Já pedi um copo de vinho

 Você não toma vinho

Mas é disso que eu preciso agora

Não queira voltar no tempo e termine logo com isso

Por que você fez isso comigo?

Só quero que sinta o que eu sinto

Então porque não terminou logo?

Às vezes tenho dó de você

Você precisa ter dó é de você

Não sei do que você está falando

Dó?

Não, paixão!

Paixão é um tipo de dó, doação

Então porque você não sente isso?

Porque é como ter uma faca enfiada no peito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s